Feirantes de outros centros foram destinados para rua do Banco do Brasil.

Depois de denúncias e cobranças feitas pelos feirantes de Várzea Alegre a prefeitura municipal chamou a responsabilidade para a pasta de competência e buscou de maneira coerente sanar o problema que hora vinha ocorrendo entre feirantes locais e visitantes.

De forma que neste sábado os visitantes já foram destinados para um local distanciado dos feirantes locais, saindo das ruas principais e indo para frente do Banco do Brasil.

Para o ambulante Emanoel de Lagoa Grande Piauí disse que a questão de preços é porque ele compra direto da fonte e não tem como o pessoal daqui disputar preços, e mesmo mudando de local a feira continua boa os clientes estão chegando.

Para o Ednaldo que é um consumidor ele acredita que na crise em que estamos o viável é buscar os melhores preços, e os vendedores dos caminhões além dos preços os produtos também não deixam a desejar na qualidade.

O Antonio Nilton é um dos feirantes de Várzea Alegre disse que botou seu cadastro em dia mais ainda não está satisfeito acha que os feirantes de outros centros deveriam ter sido postos mais distantes é pensamento dele, porém, como a feira é livre todos tem o direito de pagando seus impostos expor suas mercadorias. Vamos ouvir o Nilton.

Feira dos ambulantes locais.