Dezenas de pessoas compareceram à solenidade de outorga do título de cidadã Cratense a professora e Poetisa Fátima Correia, nesta segunda-feira (4), no plenário Paulo Bezerra, sede do legislativo municipal.

Presidida pelo vereador Pedro Lobo (PT), autor da homenagem, e secretariada pelo vereador Júnior Matos (PDT), a sessão solene foi acompanhada por familiares, amigos, poetas e poetisas da Academia dos Cordelistas do Crato e da Sociedade dos Poetas de Barbalha.

Durante a solenidade, o vereador Pedro Lobo destacou que Fátima Correia colaborou de maneira ativa com a educação do município do Crato, durante 30 anos como professora da rede básica de ensino, e hoje, como Poetisa, tem divulgado o Crato por onde passa. O vereador lembrou ainda que a homenageada é um exemplo de superação.

Emocionada com a homenagem, Fátima Correia disse não saber expressar em palavras o que sente ao receber a honraria. – “É um misto de emoção, carinho, alegria e principalmente gratidão, por ter sido reconhecida. Há 61 anos que eu habito em solo cratense”, disse.

“Feliz por saber que hoje superou a marca do ser e do ter, porque eu sou uma pessoa simples e humilde, e ver uma câmara lotada com pessoas que sempre tiveram carinho e consideração por mim, eu sou a Cratense mais feliz que existe” finalizou.

Currículo – Fátima Correia é natural de Caririaçu, e há 61 anos mora em Crato. Licenciada em Letras pela Universidade Regional do Cariri-URCA, atuou como educadora na rede municipal de ensino por 30 anos. Em 2015 foi escolhida para integrar a Academia dos Cordelistas do Crato -ACC, onde ocupa a cadeira nº 18. Além de poetisa, Fátima também integra o Grupo Cultural Flor do Cariri. Além de poetisa, Fátima escreve crônicas e ainda atua como atriz.