Polícia investiga relação do crime com a Chacina do Benfica. Ele foi morto no bar onde trabalhava

Um homem foi morto com 14 tiros no bairro José Bonifácio, em Fortaleza, no fim da tarde deste sábado, 17, por volta das 18 horas. Identificado como João Paulo Barbosa de Oliveira, de 24 anos, ele foi morto no bar-lanchonete onde trabalhava como entregador. O estabelecimento fica na rua Saldanha Marinho, entre as ruas Assunção e Floriano Peixoto.

Segundo o relações públicas da Polícia Militar, coronel Andrade Mendonça, homens chegaram ao local em um carro, de modelo Chevrolet Corsa (cor azul, placas KHG 9672), efetuando vários disparos. João Paulo estava em frente à lanchonete e morreu na hora. Os criminosos conseguiram fugir. A vítima deixa um filho de três anos.

A Divisão de Homícidios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Forense (Pefoce) foram acionadas. A Polícia investiga relação com a Chacina do Benfica, que aconteceu no último dia 9 e deixou sete pessoas mortas.

Bom Jardim

A Polícia Civil informou ainda outro assassinato na tarde deste sábado. Um homem foi abordado por homens armados e morto na frente de casa, no bairro Bom Jardim, também na Capital.

Adriano Lima Alves, 29, foi baleado e morreu no local. A 2ª Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o ocorrido. Motivações e suspeitos não foram identificados. Equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE) e da

Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) foram enviadas ao local do crime.

Redação O POVO Online

Esse rapaz assassinado em Fortaleza seria filho de Fofão filho do Piteca que morreu de infarto ao meio dia do sábado 17, o neto de Piteca trabalhava na capital cearense e foi mais um vitima da violência na grande Fortaleza.