O coordenado da Defesa Civil do município George Bitú que sentou com Cogerh, Cagece, executivo, legislativo, associativismo e demais órgão competente afirma que se faz necessário fiscalizar cada vez mais. Com relação ao açude o mesmo pegou um pouco de recarga porem ainda não existe um suporte que deixe a população totalmente tranquila

Quanto as reclamações da população junto a Cagece tanto a defesa civil como o comitê de seca e sensível a população e irá também cobrar da Cagece que busque assistencializar mais os consumidores.