As constantes chuvas no distrito de Calabaça contribuíram para uma boa lavoura nos cultivos de milho, arroz e feijão, já destruíram passagem molhada na comunidade de Alemanha e também levaram açude a sangrar.

É o caso do açude do Mocotó que começou a sangrar neste domingo após uma chuva considerável de 80mm. Este reservatório de médio porte segundo o morador do distrito o Thiago Soares recebe as águas oriundas da serra Negra e serra do Meio. Ressaltou ainda que o açude havia sangrado pela última vez no ano de 2004 quando ocorreu aquela grande chuva.

O reservatório foi construído ainda na gestão do ex-prefeito João Eufrásio Nogueira. É um bem preservado pelos moradores do Mocotó onde a pesca e o plantio no período de veraneio são sustentáculo para comunidade.