O estado do Ceará está sendo bem representado neste final de 2018, a cultura está em ascendência com cearenses galgando espaço nos maiores cenários culturais. Isso mostra que mesmo em meio a terra ensolarada do Nordeste é possível ter representantes de pulso e demonstrando garra e determinação fazer bonito quando o assunto é cultura.

Primeiro o poeta do sertão do Ceará Mailson Furtado da cidade de Varjota venceu o prêmio Jabuti com livro independente. Mailson criou um livro-poema em homenagem a sua cidade. A categoria prêmio Jabuti contem em seu currículo grandes nomes da cultura brasileira, para se ter uma ideia o primeiro a ganhar esse prêmio foi o Jorge Amado, cm o livro Gabriela Cravo e Canela. (G1)

E outro Cearense que está sendo levado ao maior corredor de folia carnavalesca é o Mestre da Cultura Popular do Ceará Espedito Seleiro, o artesão mais conhecido do Nordeste brasileiro. Filho de Nova Olinda sua loja se tornou ponto turístico uma referência para o mundo do artesanato.

E reconhecendo esse talento nato do Nordeste a Escola de Samba União da Ilha, do grupo especial do Rio de Janeiro irá colocar Espedito Seleiro na avenida, neste carnaval de 2019.

Também está sendo cogitado que o Padre Cicero seja destaque na avenida, caso se realize a homenagem ao sacerdote será 2018 um ano onde as culturas de artesanato e religião Cearense ganhe maior notoriedade nos grandes centros e mídias nacionais e internacionais.

A união da vila do Governador será a quarta escola a desfilar no carnaval Carioca de 2019. A data já definida o encontro das culturas será numa segunda-feira 04 de março. (Site babado)