Um assunto bastante polêmico que divide opiniões, por tal razão nossa reportagem buscou ouvir dois advogados que como se esperava foram realmente bem opostos, um acredita que a arma na casa do cidadão de bem traz segurança e impõe respeito,já o outro acredita que os acidentes e reações com os nervos aflorados poderá aumentar os problemas de uma sociedade que diferente dos Estados Unidos não está preparada para tanto, e se lá ocorrem tragedias aqui então…