A pasta da saúde pública municipal foi alvo de muitas cobranças na noite da terça-feira 29, por parte dos edis da oposição, a Dra. Luciana em nome da bancada de situação e em defesa da secretaria de saúde fez esclarecimentos da ausência de alguns serviços como: ultrassonografias, fisioterapia, saúde bucal e medicamentos.