Na ocasião, a Comissão aprovou a Operação Emergencial 2019.1, tendo como prioridade o atendimento das sedes de Jucás e Cariús

Na última sexta-feira, 18, a Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos de Iguatu realizou a 12ª Reunião Ordinária da Comissão Gestora do Açude Muquém. A reunião aconteceu na Câmara Municipal de Cariús e teve como objetivo principal a Avaliação da Operação 2018.2 e Operação Emergencial 2019.1 do Açude Muquém.

O gerente regional Anatarino Torres apresentou os dados técnicos do açude Muquém, que se encontra com 12,27% da capacidade total. Ele relembrou que a vazão média aprovada foi de 200 L/s durante o período de 01/07/2018 à 01/02/2019, e informou que a vazão média realizada no período foi de 185 L/s, resultando em um saldo positivo de mais de 2 milhões de m³. Anatarino esclareceu que no período foram realizadas visitas no trecho, bem como o monitoramento da vazão liberada para uso mais eficiente da água.

Na ocasião, a Comissão Gestora aprovou a Operação Emergencial 2019.1, com liberação da vazão média de 100 L/s, cuja prioridade absoluta é o atendimento das sedes de Jucás e Cariús, pelo período de 01/02/2019 até 01/07/2019.

Na reunião estiveram presentes 22 representantes dos 25 integrantes da Comissão Gestora do Açude Muquém, num total de 27 participantes. A Cogerh de Iguatu esteve representada, também, pela coordenadora de gestão Hewelânya Uchôa e a analista Isabel Cavalcante.