Um projeto cultural nasce de um desejo de reproduzir nos mais diversos aspectos os fragmentos da história de Várzea Alegre, rodas de conversas e visitas a pontos históricos proporcionará aos nossos descendentes conhecer fragmentos ainda não explorados.

O final de tarde com o início da noite do sábado 12 de janeiro do ano 2019, foi bastante proveitoso em um enriquecedor bate papo baseado nos antepassados, dialogados entre o repórter Laéce Oliveira, o advogado e coordenador de cultura Dr. Hélio Batista e o professor (pedagogo) Damião Ferreira.

Uma intensa viagem na inesgotável história cultural da nossa Várzea Alegre, nos tornou mais maduros e temperados com as estilhas da nossa história. Um passo de muito que desenterrará fabulosos contos da procriação da terra de Papai Raimundo.

Banda de música e seus primórdios, quilombolas, riquezas religiosas etc… são pepitas soterradas nos maiores escombros de uma história ainda não contada.