Acamado a pelo menos 1 ano e meio morreu o camioneiro e motoristas de ônibus da Expresso Vale Jaguaribe João Batista Guimarães, aos 85 anos.

Guimarães como era conhecido era natural de Limoeiro do Norte, porém, viveu maior parte de sua vida na em cidade de Alto Santo localizado no baixo Jaguaribe.

Na década de 80 Guimarães passou a residir em Várzea Alegre onde constituiu família e passou o restante de sua vida.

Portador de Alzheimer, complicações cardíacas e próstata seu Guimarães acabou sendo vencido por volta das 8h:40min da manhã de ontem sexta-feira 11, quando foi a óbito em sua residência na rua Dr. Leandro no centro de Várzea Alegre.

O seu corpo está sendo velado em sua residência na rua Dr. Leandro haverá missa de corpo presente as 17h e em seguida o sepultamento no cemitério da saudade.

Guimarães foi casado duas vezes, o primeiro casamento foi com Maria Maricinha Guimarães de Tabuleiro do Norte, ficando viúvo o que possibilitou um segundo matrimônio, este com a varzealegrense Antônia Lucilan Silva. Deixa cinco filhos, entre eles Ana Claudia Guimarães, ex-diretora da cadeia pública local e também onze netos e dois bisnetos.