O Partido dos Trabalhadores de Várzea Alegre mesmo com a queda do maior líder político de todos os tempos reconhecido pela família petista, ainda tem uma forte representação no9 eixo municipal. Pelos menos três vereadores atuam fortemente no Poder Legislativo.

Porém, diante das circunstâncias oriundas de outros cunhos políticos o partido conseguiu eleger em primeiro momento dois edis, Michael Martins e Antônio Alcântara, sendo um da situação o Alcântara, e o Michael servindo a bancada de oposição. Até aí uma meia parceria partidária e os edis iam conseguindo trilhar mesmo que por caminhos opostos.

Mas, por ironia do destino quisera o Dr. Márcio Henrique se licenciar para assumir a subsecretaria de saúde do município para ajudar na boa caminhada da pasta da saúde. Como medico e conhecedor da trajetória o vereador do PTdoB pediu licença, e se destinou a contribuir muito mais pela saúde local.

Sendo o Antônio Gregório e suplente de vereador da coligação do Dr. Márcio, logo assumiu a cadeira deixada por Dr. Márcio Henrique.      Na oportunidade o Gregório estava secretário de administração e de finanças do município.

A partir de então ficaram dois petistas na situação e um na oposição. E logo nos primeiros momentos de atuação dos vereadores na casa do povo deu para entender que a missão do terceiro petista seria dar suporte a gestão municipal que hora estava sendo alvo de denuncias pelo vereador Michael Martins, que segundo suas colocações é defender a bandeira do povo, público responsável pela sua incorporação no mundo político.

Começou então a aparecer as primeiras farpas ente os petistas que aos poucos vai quebrando o que se chama de ideologia partidária e abrindo espaço para um desconforto dentro do Partido dos Trabalhadores. Enquanto um acredita que deve levantar a bandeira do povo junto a suas necessidades, o outro vai apresentando tecnicamente as incompatibilidades de solução de alguns problemas mediante a crise que hora assola todo o País.

Na última reunião o Michael apresentou o9 projetos e uma indicação fazendo jus a inclusão social, mais precisamente voltada para o autismo. Um assunto salutar de interesse de todas as representações da casa. Michael também é um lutador da causa do meio salário, porém, o Gregório diz que para atingir ao ápice dos funcionários chegarem ao salário mínimo como base ultrapassará o limite prudencial e seria um prejuízo para a gestão.

Certo é que, diante de todos os disse, me disse, passou a existir uma corrosão nas estruturas do PT, causando uma inquietação que poderá fortalecer ou enfraquecer o partido que além de ter três vereadores atuando, se aproxima de uma eleição interna do partido.