A noite de sábado, 1º de junho, foi marcada por uma morte em decorrência de disparo de arma de fogo, o fato ocorreu por volta das 19h no sítio Cachoeira Dantas, Zona Rural de Várzea Alegre. Segundo informações, a vítima foi o senhor Ronaldo Barros do Nascimento de 39 anos, natural da cidade de Iguatu, mas, residia na comunidade de Cachoeira Dantas. Ee foi encontrada ainda com vida próximo ao bar “Caju Azedo”, apresentando um ferimento no abdômen, causado por disparo de arma de fogo aparentemente artesanal.

Ronaldo foi socorrido pela equipe do SAMU, até o Hospital São Raimundo, , mas não resistiu ao ferimento e veio a óbito enquanto era atendido pela equipe médica na unidade de saúde.

As informações dão conta que populares ouviram o disparo e ao saírem para ver do que teria acontecido se depararam com a vítima já ferida e agonizando. Ninguém soube informar sobre possíveis envolvidos no caso.

Já no sistema de Informações os Policiais identificaram que Ronaldo Barros responde por uma tentativa de homicídio e um porte ilegal de arma de fogo, como também consta que já foi vítima de tentativa de homicídio em duas ocasiões.

O rabecão da Perícia Forense da cidade de Iguatu, foi acionado para conduzir o corpo ao Instituto Médico Legal – IML daquela cidade.