A jovem Rafaela Callou de Sá Barreto de 23 anos estudante de Nutrição que estava internada na Clinica São José em Juazeiro do Norte, desde o dia 26 de maio, acabou não resistindo após ter sido internada com uma infecção renal, e posteriormente houve confirmação de H1N1.

A jovem teria sido levada ao medico com complicações pulmonares foi conduzida a UTI onde passou por seções de fisioterapia, mas, não evoluiu positivamente e acabou morrendo na manha da terça-feira 04 de junho.

Vale salientar que os casos de H1N1 aos poucos vão se avolumando, o estado afirma que as vacinas de prevenção foram estendidas para toda a população, porém, nas unidades básicas de saúde e nos setores responsáveis pela vacinação a afirmação é que as doses não chegam.

Assim também ouvimos em Várzea Alegre, a coordenadora faz sua parte em cobrar, mas, as vacinas não chegam e ficam apenas em mais uma mídia enganosa. E quem paga o preço é o menos favorecido que até o momento não consegue sua imunização.