Você sabia que a sua carteira de habilitação e o documento do seu veículo podem estar disponíveis no seu celular em versão eletrônica? O Detran Ceará disponibiliza para condutores e proprietários de veículos de todo o estado a CNH e o CRLV digitais através do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT). O aplicativo é gratuito e a ativação dos documentos não requer nenhuma ida ao posto do Detran. Tudo é feito pela internet.

A tecnologia foi desenvolvida pelo Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e cada departamento estadual de trânsito deve fazer a adesão. O Ceará, por exemplo, foi o primeiro estado da federação, após piloto no Distrito Federal, a estar apto a oferecer o CRLV Digital para seus cidadãos.

Em todo o Brasil, mais de 1,5 milhão de motoristas já estão utilizam este recurso. No Ceará, mais de 70 mil condutores possuem a versão digital da CNH e mais de 16 mil proprietários de veículos aderiram ao CRLV Digital, usufruindo de mais comodidade e praticidade, uma vez que já estão habituados a levar o celular para todos os lugares.

 

O único pré-requisito para ter acesso as versões digitais dos documentos é que, no caso da CNH Digital, ela já deve possuir QR Code (presente em todas as CNHs impressas a partir de maio de 2017) e, no caso do CRLV Digital, o proprietário precisa estar em dia com o licenciamento do veículo para efetuar o download da versão digital. Além de diminuir muito o risco de esquecer os documentos em casa, ter a versão digital no celular é bastante seguro. Mesmo em caso de roubo do aparelho de telefone, os documentos estão protegidos por senha e podem ser baixados novamente, sem custo de emissão de segunda via, como acontece nas versões impressas.

Tanto a CNH Digital quanto o CRLV poderão ser acessados pelo dispositivo móvel mesmo off-line, ou seja, sem internet. Lembrando também que os documentos impressos continuam sendo válidos e não há obrigatoriedade de mudar para a versão digital. Esta é apenas mais uma opção para os condutores e proprietários.

Acesso personalizado

Atualizado recentemente, o Carteira Nacional de Trânsito passou a disponibilizar uma nova função. Agora ele poderá ser acessado não só digitando a chave de acesso de quatro dígitos, mas também com a impressão digital do usuário. O acesso ao CDT por biometria só é possível em smartphones ou tablets que já possuam leitor de impressões digitais.

Como obter

Para ter acesso aos documentos eletrônicos, é preciso fazer o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível gratuitamente na Google Play (Android) e App Store (iOS). Depois, basta fazer o cadastro no aplicativo. O usuário recebe um e-mail e deve clicar no link para ativar o cadastro. Após a ativação, é preciso fazer login no aplicativo e clicar em “adicionar documento”, que será a CNH ou o CRLV digital.

Para emitir a CNH digital, o usuário deve primeiro ler ler o QR Code da carteira de motorista com o celular, que fica na parte interna da CNH de papel. Depois, ele faz a “prova de vida”, um movimento físico do usuário, lido pela câmera do celular, para garantir que ele é mesmo quem está sendo identificado.

 

Após confirmar a validação, será necessário informar o número do telefone celular. Neste momento, será disponibilizado o documento da CNH Digital no dispositivo móvel. O aplicativo vai pedir para o usuário criar uma chave de acesso de quatro dígitos, que deverá ser digitada toda vez que o documento digital for utilizado. É essa chave que agora poderá opcionalmente ser trocada pelo acesso pela impressão digital.

O procedimento para obter o CRLV digital é bem mais simples. Basta que o usuário informe o número do Renavam e o código de segurança impresso no Certificado de Registro de Veículo – CRV (antigo DUT). Tanto a CNH Digital quanto o CRLV poderão ser acessados pelo dispositivo móvel mesmo off-line, ou seja, sem internet.