Após dar entrada em uma clínica do Cariri a jovem foi diagnostica com a temível gripe H1N1, a mesma deu entrada  na clínica na quarta-feira 26 de maio, seu quadro de saúde se agravou e a jovem foi conduzida a Unidade de Terapia Intensiva. E foi a partir da UTI que novos exames confirmaram a doença.

Como a jovem teve complicações pulmonares em decorrência da infecção continuada internada inclusive foi submetida a fazer fisioterapia respiratória.

O vírus da influenza H1N1 pode ser transmitido através de contato com secreções respiratórias, partículas de saliva, tosse ou espirro, a principal forma de prevenção contra a gripe inda é a vacina. E segundo a coordenadoria de imunização de Juazeiro não há mais estoque, o município solicitou ao governo do estado novas doses.

Na cidade já foram notificados 17 casos da gripe, destes apenas três foram confirmados de acordo com a secretaria de saúde do município. A pasta da saúde informa que tem ofertado medicamento para os pacientes desse tipo.

Fonte caririnoticiasce.com.br