Dentre as reivindicações atendidas pela Cogerh estão a instalação de poços, recuperação de nascentes e criação de novos escritórios regionais para dar maior suporte aos comitês

Em mais um encontro semestral para discutir a gestão compartilhada das águas do Ceará, representantes dos Comitês das 12 Bacias Hidrográficas do Estado reuniram-se nos últimos dias 11 e 12 de julho, em Fortaleza, para tratar do andamento das reivindicações feitas ao governador Camilo Santana e acertar detalhes da preparação para o Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas (Encob).

Peças-chave na gestão das águas do Estado, os comitês vêm ganhando visibilidade na gestão dos Recursos Hídricos do Ceará. “Prova disso é o compromisso assumido pelo governador recebendo os comitês de bacia para ouvir as reivindicações”, afirma o presidente da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), João Lúcio Farias. Em conjunto com a Companhia, os Comitês de Bacia, que possuem representação de todos os setores da sociedade, são responsáveis, dentre outras atribuições, por definir os parâmetros de operação dos principais açudes sob sua responsabilidade.

Na pauta de reivindicações está a instalação de poços nas regiões vale do Jaguaribe, Curu, Orós e Pentecoste. É que a quadra chuvosa acabou e não trouxe para algumas localidades o desejado aporte nos reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Segundo adiantou Farias, o recurso para os poços, da ordem de R$ 1,7 mi,está disponível e as obras já serão iniciadas. Além disso, a Cogerh trabalha numa agenda para projetos de manipulação de resíduos sólidos, na recuperação de nascentes na região do Acaraú, além de dar apoio a produção de cartilhas educativas, conforme reivindicado pelos Comitês.

Melhorias na Estrutura da Cogerh

Já pensando na expansão da estrutura para dar maior suporte aos Comitês, a Cogerh anunciou durante o evento a implementação de mais quatro gerências regionais no interior do estado, com previsão de funcionamento para 2020 e 2021. A iniciativa visa melhorar a logística nas bacias hidrográficas cujo número de municípios é mais extenso e distante uns dos outros.

Encob 2019

Os representantes dos Comitês se preparam, ainda, para o Encontro Nacional de Comitês de Bacia (Encob). Dois representantes de cada comitê serão selecionados e irão para o encontro nacional, que ocorrerá entre os dias 21 a 25 de outubro em Foz do Iguaçu. O momento é importante para intercâmbio de gestão entre todos os Comitês de Bacia do Brasil.