O mundo da cantoria está de luto pela perda de um grande poeta o Antônio Gomes Sobrinho (Antônio Rosendo) que faleceu por volta das 20:00h da noite da sexta-feira 14, em Fortaleza onde estava residindo ultimamente.

Segundo informações Antônio encontra-se com problemas pulmonares o que causou sua morte. Seu corpo será transladado para Várzea Alegre com previsão de chagada para as 17h de hoje, onde será velado em sua residência na rua Antônia Gonçalves Cansundé bairro Varjota. O sepultamento do mesmo será amanhã segunda-feira dia 16, as 16h no cemitério do Caipú.

O poeta Antônio Rosendo dividiu toda sua vida as suas raízes da agricultura e principalmente ao mundo artístico, onde era considerado um dos grandes repentistas da região.

Por muitos anos fez sua voz ecoar através dos microfones em programas de violas exibidos pela rádio cultura na época AM 670, hoje FM 96.3. Um dos programas pelo qual o poeta passou e fez história foi no “Violas que o povo quer” do poeta Expedito Pinheiro. Homem simples de muitos amigos deixa no mundo da poesia um vasto legado pelas belas sextilhas, motes, desafios seguimentos da cantoria que foram cantados pelo Rosendo.