As famosas queimadas em 2019 são responsáveis por grande parte da destruição que hora se alastra nos mais diversos pontos do município de Várzea Alegre. Nunca se viu em toda história não somente de Várzea Alegre, mas, de toda a região, fauna e flora sendo consumidos literalmente pelo fogo.

Imagens fortes de um sertão que já luta anos após ano para sobrevier as altas temperaturas. E este ano o problema do aquecimento e a umidade relativa do ar saíram totalmente do eixo normal.

Com as queimadas animais são mortos engolidos pelas labaredas, outros que sobrevivem ficam entre a vida e a morte por falta de água e comida.

Os proprietários de terras e criadores, elevam as mãos aos céus pedindo chuva, ao ver tanto prejuízo se avolumando. Cercas queimadas, reservas de estacas, pastagem viram pó. Por outro lado, o medo, a angustia a desolação após mais uma queimada.

Na tarde da sexta-feira 08, foi a vez dos moradores do São Nicolau arregaçarem as mangas e brigarem contra um fogo altamente destruidor. Novamente cercas, árvores frutíferas, pastagem não resistiram as aquecidas labaredas que varreram aquela localidade. As imagens enviadas por familiares mostram quão grande foi a destruição.

Na soma de tudo isso, lembranças e tristeza são companhias dos prejudicados. Órgãos competentes? Quem são? O que fazem? Até o presente momento, NADA.  Moradores ainda se arriscaram deram o melhor, porém, sem sucesso. depois de vencidos pelo cansaço foi sentar e lamentarem.