Desde o dia 31 de dezembro de 2019, que registros pluviométricos estão sendo registrados, a informação por parte dos especialistas é de todas essas chuvas não são ainda da quadra invernosa, apenas forças da pré-estação.

Porém, algo chama bastante atenção para as poucas chuvas de pré-estação, o número de “RAIOS” eles já somam até hoje 5.601, destes 60% apenas no dia 8 de janeiro, são muitas descargas elétricas neste começo de ano.

As maiores incidência se deram em Crateús 614, Ipueiras 393 e Independência 357 raios já caíram. Além desses municípios destacados outros já sofreram com as descargas elétricas.

Inclusive Várzea Alegre já teve sérios problemas com as quedas de raios, o produtor Birinha da fazenda “Bira-bode”, teve cinco ovelhas mortas por uma descarga elétrica na noite do 31 de dezembro.

Na comunidade do sítio São Vicente raios desceram em um poste de residência danificando muro e parte do telhado da área de laser da casa.

A cagece teve sérios problemas com os raios danificou equipamentos e queimou uma bomba o que terminou deixando a cidade 4 dias sem o abastecimento de água.

Mas, eles os raios geralmente são bem avolumados nos períodos de chuvas ano passado por exemplo: foram registradas 74.304 quedas de raios. Esses são dados da Enel fornecidos ao CE1.