Cogitado para atender demanda de pessoas em situação difícil provocada pela pandemia, o auxílio emergencial não chegará como muitos esperam, o auxilio ainda passa por processo de finalização inclusive com pendencias de votação.

Ir a assistência social também não vai resolver, segundo o coordenador do bolsa família Daniel Marcílio esse será um projeto de deve ser coordenado pelo INNS e a Caixa Econômica deverá fazer o sistema de pagamento. Vamos ouvir o Marcílio.