Um dos maiores orgulhos do homem do campo é se deparar com uma quadra invernosa satisfatória, nesse período de chuvas tudo surge em abundância. São as recargas dos reservatórios como açudes de grande e pequeno porte, lagoas e cacimbões se reabastecem para mais uma temporada de estiagem como ocorre no Nordeste a cada ano.

E segundo o secretário de Desenvolvimento Agrário e Econômico de Várzea Alegre Cicero Izidorio, este 2020 foi o mais audacioso em chuvas desde 1986. Açudes que se encontravam em baixa escala como é o caso do Olho D’água que abastece a sede do município e parte da zona rural, chegou a mais de 50% de sua capacidade que é de 19 milhões de m³.

A safra na lavoura de milho, arroz e até o feijão que não é muito propício para as grandes frentes chuvosas, vai deixar seu saldo positivo. O que resta é mais uma vez erguer as mãos aos céus e agradecer ao criador pelo generoso inverno que banhou as terras varzealegrenses.