Carteiras de identidade
Na seção da câmara a vereadora Dra. Luciana apresentou um requerimento para a Secretaria Estadual da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos responsável pelo programa Caminhão do Cidadão do Governo do Ceará, que esteve em nosso município entre os dias 29 a 31 de agosto de 2019, realizando a emissão de documentos entre eles RG primeira via e segunda via, cobrando a entrega da documentação as pessoas que requisitaram.

Diante desta pandemia a parlamentar solicitou que fosse encaminhado também um requerimento a prefeitura de Várzea Alegre para que o setor de RG seja aberto como serviço essencial, tendo em vista o cidadão necessitar da RG para a inclusão dos programas de assistência por ocasião da pandemia.

No ponto de vista da vereadora é possível que este setor abra, podendo fazer o agendamento por telefone, mantendo durante esta pandemia as recomendações da OMS necessário para o funcionamento deste setor, assim como está funcionando a secretaria de assistência social e a secretaria de saúde, bem como outros setores como a licitação. Ontem à noite, ela a vereadora e o esposo também vice-prefeito Fabrício fizeram contato com nosso Deputado Marcos Sobreira que se comprometeu de hoje estar cobrando do governo do estado a emissão desses documentos.

Nova Ambulância
A vereadora ainda disse que tem uma boa notícia para os conterrâneos. Através dos seus esforços já foi possível protocolar um novo projeto para aquisição de uma nova ambulância no valor de R$ 90.000 dos quais R$ 20.000 são de contrapartida da prefeitura de Várzea Alegre que chegará em boa hora para servir a nossa gente.

Máscaras com Viseira
Apresentou também um requerimento para que a Secretaria Municipal de Educação forneça no retorno as aulas presenciais máscaras com Viseira para os mais de 6 mil alunos na rede municipal de ensino de Várzea Alegre. Este equipamento de proteção servirá para evitar a propagação do coronavírus por gotículas de saliva. Esse EPI desse modelo protegerá também a região dos olhos.

Barreiras Sanitárias – abordagem na saída
A vereadora afirma que tem observado que as barreiras sanitárias só fazem abordagem de quem está entrando na cidade. Essa não abordagem nas saídas tem favorecido que habitantes da sede urbana vá para a zona rural, principalmente nos finais de semana fazer turismo rural. E com isso contribuir para a disseminação do vírus nos distritos. Solicitei um requerimento obrigando a abordagem na saída pelas Barreiras Sanitárias, principalmente nos finais de semana.