ATUALIZADA – O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Várzea Alegre, através de sua assessoria jurídica, Dr. Frid Alves, obteve liminar favorável que determinou a imediata implementação de insalubridade em grau máximo (40%) para médicos, enfermeiros, auxiliares/técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e servidores, que embora detentores de cargos administrativos, prestem função de segurança, transporte, conservação e limpeza, nas dependências de uma unidade de saúde/hospitalar.

Nossa reportagem buscou do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Várzea Alegre Erialdo Abraão, na intenção de saber qual foi a participação do Sindicato para que as categorias citadas fossem contempladas através da liminar.

Neste manha de quinta-feira 4, nossa reportagem entrou em contato com a Dra. Helen Costa procuradora do município para saber o parecer e quais as medidas a gestão irá tomar acerca dessa limitar proporcionando pagamento de 40% para servidores públicos da área da saúde.