Desde que teve inicio a pandemia que Várzea Alegre vem tomando suas medidas cautelares para evitar maiores prejuízos causados pelo coronavírus, tanto no setor econômico como na guarda de vidas humanas que é o que temos de mais importante.

Porém, mesmo com todas as formas de combates implantadas não foi possível evitar a morte de 8 filhos da terra que perderam suas vidas para covid-19.

Desde o dia 19 de março que Várzea Alegre está sob regimentos da secretaria de saúde do município e do conselho de enfrentamento a pandemia tentando através das barreiras sanitárias, teste, uso obrigatório de máscaras e isolamento social combater um avanço intenso da doença.

Para os órgãos competentes esses métodos estão ajudando no controle, até que foi anunciada uma flexibilização, mas, quando observado os números crescentes a saúde e o conselho entenderam que se faria necessário na verdade era uma rigidez maior no combate.

E não deu outra, Várzea Alegre após informações de colapso no sistema de saúde nas cidades de Iguatu e Juazeiro do Norte intensificou as normas de isolamento inclusive com postos de combustíveis fechados no domingo 28.