No sábado dia 4 de julho o apicultor André Fiuza teve sua produção de mel comprometida, ladrões furtaram do seu apiário, uma média de 80 kg do produtor das caixas de abelhas existentes na sua propriedade no sítio Roçado de Dentro sede rural de Várzea Alegre. 

Além do prejuízo que passa dos dois mil e quinhentos reais, o que anda preocupando o produtor é o crescimento da prática de furto na zona rural do município. 

“Com esse crescimento de furto estamos vivendo uma insegurança para desenvolver as atividades no campo”. Disse. 

Essa pratica de furto na zona rural de Várzea Alegre é muito comum, dentre os furtos estão: animais, bombas elétricas dentre outros implementos utilizados na agricultura, porém, agora os elementos demonstraram agilidade nas ações, afinal, o roubo de abelha passa ser inusitado.