Desde de 20 de março que a incerteza ficou mais clara na vida dos varzealegrnse a partir da chegada da Covid-19, doença que fez sua primeira vítima no dia 3 de maio. Daí para cá os números de motos e de infectados só crescem, morto já somam 17, os cometidos pela doença passam da casa dos 600.

Na soma dos mortos ontem a noite mais um registro depois de alguns dias internado José Fernandes da Costa (Deca encomendas) não resistiu e foi a óbito. O mesmo havia contraído a Covid-19 entrou para o tratamento mais infelizmente passou a ser mais uma vítima.

As informações ainda apontam que a mãe do mesmo que morreu a dois meses também teve como causa morte a Covid-19. Isso confirma que Várzea Alegre em menos de dois meses perdeu duas pessoas da mesma família mãe e filho para a mesma doença.

Deca se tornou um cara bastante popular na cidade em especial nos comércios do centro da cidade para quem o mesmo desempenhava o trabalho de levar e trazer encomendas de Várzea Alegre para Iguatu. Era brincalhão e dono de uma risada que irá ficar na mente dos familiares e amigos.