A nova composição da câmara de vereadores de Várzea Alegre formada por treze edis, tem batido recorde no tempo em suas reuniões, tendo início as 14h e se estendendo até as 19:30. 

O entendimento é que a vontade os vereadores em discutir nos mínimos detalhes cada pauta tem gerado as mais prolongadas reuniões já existentes no legislativo da cidade. 

Outra observação é que os edis fazem uso da palavra no pequeno e grande expediente, fazem uso dos tempos de bancadas e de lideranças de governo e os apartes muitas vezes são bem extensos. 

Esse perfil tem definido o poder legislativo presidido pelo vereador do MDB Alan Salviano, como um dos mais atuantes na região.  

Para quem pensa que o povo não suporta se engana, na última reunião um quebra braço, entre o vereador de oposição Marcelo Fledson e os opositores Alan Salviano e o recém eleito Otoniel Fiuza, aqueceu os termômetros e o público foi junto, opinando e jogando gasolina na fogueira. 

Em discussão a bendita vacina que imaginamos saqui a um ano ainda não tem chegado aos PSFs para imunizar a população. E enquanto não chega as poucas doses são disputadas palmo a palmo, e na casa do povo chegou informação está formada a democratíssima discussão. 

Afinal é nas dependências da câmara que deve acontecer os embates fazendo valer a cada provocação o valor dos disputadíssimos votos que mesmo em meio a pandemia foram caçados por todos os confins do município. 

 

Veja mais