Um dos momentos mais esperados pelos Nordestinos é a quadra invernosa, esta quando em quantidade suficiente proporciona boa colheita e fartura na mesa do homem do campo.

Porém, o que a chuva viabiliza de bom, também pode deixar um rastro de preocupação, é que quando se tem uma boa quadra invernosa, junto com a mesma sempre aparecem as arboviroses.

Este ano o estado do Ceará está sendo recordista nos casos de Chikungunya por exemplo, enquanto os casos de morte no Brasil chegam a oito, seis deles são no estado do Ceará.

Em Várzea Alegre os números em alguns bairros preocupam, a ponto de o secretário de saúde Ivo Leal tomar medidas mais enérgicas. Riachinho, Dona Rosinha e Varjota aparecem como setores preocupantes.

Na zona rural, mais precisamente na comunidade de Juazeirinho no Distrito de Canindezinho, o líder comunitário Fernando Gil, já chama atenção das autoridades competentes que estão cuidando do setor arboviroses, segundo Gil na sua comunidade existem pessoas acometidas pela doença sem virem a cidade, o que leva a crer que lá existe o Aedes Aegypt.

O secretário foi atencioso a redação do site e tv pé no chão e respondeu quanto ao questionamento do Gil que está preocupado. Segundo o secretário na área urbana demanda mais problemas e nesse momento o atendimento está voltado para essas áreas mais afetadas.

Imagem ilustrativa foto redes sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais